Escola Mineira de Segurança

noticia

REGULAMENTO DA CAMPANHA PROMOCIONAL “Promoção de Feriado”.

1 – DA CAMPANHA PROMOCIONAL: Esta campanha promocional (“Promoção Padroeira do Brasil”) é instituída pela Escola Mineira de Segurança Ltda. (EMS), com sede na cidade de Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais, na Av. Amazonas, 491, 17º e 18º andares, Centro, inscrita no CNPJ sob o n° 05.845.911/0001-33.
Esta promoção é dirigida a todas as pessoas que pretendem se matricular no curso de formação e extensão da EMS e tem o objetivo de incrementar a sua atividade comercial mediante oferecimento de preços promocionais para matrícula.

2 – DO PERÍODO DE VIGÊNCIA: Esta promoção terá início em 03/11/2017 às 08h00(horário de Brasília) e encerrar-se à no dia 03/11/2017 às 18h00. Dessa forma, será beneficiado pelo desconto promocional quem se matricular através da central de atendimento (CALL CENTER),  e efetivamente realizar o pagamento à vista do valor no Período de Vigência.

3 – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS:
3.1. Esta promoção se estende para todas as filiais da EMS;

Noticias

Disputa por mercado de transporte de valores coloca empresas contra bancos

BRASÍLIA – A disputa por um mercado bilionário no Brasil, o de transporte de valores, colocou as principais empresas do setor contra seus maiores clientes, os bancos. Isso porque segue em tramitação no Senado um projeto que proíbe instituições financeiras de serem sócias de transportadoras de valores. A Associação Brasileira das Empresas de Transporte de Valores (ABTV), que vinha evitando opinar, decidiu se posicionar publicamente de forma favorável à restrição, enquanto os bancos dizem que o objetivo da proposta é eliminar a concorrência.

No centro da disputa está a TBForte, empresa que hoje abarca 5% do mercado e que está ligada à TecBan – companhia responsável pelos caixas do Banco24Horas. A TecBan é controlada pelos principais bancos do País: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Citibank, Bradesco, Itaú Unibanco e Santander.

Quando foi criada, há dez anos, a TBForte tinha como objetivo transportar dinheiro apenas para o abastecimento dos caixas eletrônicos da TecBan.

festa (61)-min

Noturno 07 Formação de Vigilantes – BH | Formandos 2017

festa (72)-min

Intensivo 23 Formação de Vigilantes – BH | Formandos 2017

festa (50)-min

Noturno 05 Formação de Vigilantes – Venda Nova | Formandos 2017

 

noticias

Em meio à criminalidade, cresce demanda por serviços de segurança privada.

Não é de hoje que a violência urbana é um grande desafio nos grandes centros urbanos. Basta ligar a televisão e assistir aos noticiários nacionais e até mesmo locais para ter uma ideia de quão séria é a situação. Grandes metrópoles como São Paulo, tendem a ter índices ainda mais altos.

É fato que a taxa de homicídios dolosos, na capital, teve uma pequena queda de 991 para 844 ocorrências entre os anos de 2015 e 2016, mas o índice continua alarmante e as taxas de furto e roubo, nesse mesmo período, tiveram um aumento de 3%, segundo estatísticas da Secretaria de Segurança pública.

Entretanto, focos de criminalidades têm estourado por toda a capital, como no centro de São Paulo, com os arrastões da região da Cracolândia, e as invasões a prédios de luxo no Morumbi e furtos em bairros como Higienópolis.

A burocracia das queixas e a incredulidade na eficácia dos boletins de ocorrência desampara uma sociedade cansada de ser vítima de uma violência crescente e desenfreada.

natal

REGULAMENTO DO SORTEIO – PROMOÇÃO NATAL MOTORIZADO EMS.

1 – O sorteio do prêmio descrito no item 5 deste Regulamento será promovido pela ESCOLA MINEIRA DE SEGURANÇA LTDA., com endereço na Av Amazonas, nº 491 – 18º – Centro – Belo Horizonte/MG, CEP: 30.180-001, inscrito no CNPJ sob nº 05.845.911/0001-33, se estende a todas as unidade, e seguirá as disposições abaixo.
2 – Poderá participar da Promoção de Natal e do sorteio do prêmio aquele que, no período de 16/10/2017 a 05/01/2018, efetivar matricula em qualquer curso oferecido pela ESCOLA MINEIRA DE SEGURANÇA.
2.1. Aluno matriculado em turma de reciclagem proveniente de encaminhamento de empresas também terá direito a um cupom de sorteio.
2.2. – Só terá direito ao cupom para participar do sorteio o aluno que efetivar a matrícula mediante o respectivo pagamento, cumprir os requisitos exigidos pela Portaria 3233/12 do Departamento de Polícia Federal para a realização dos cursos, apresentar atestado de aptidão psicológica e avaliação médica,

padroeira do brasil

REGULAMENTO DA CAMPANHA PROMOCIONAL “Promoção Padroeira do Brasil”.

1 – DA CAMPANHA PROMOCIONAL: Esta campanha promocional (“Promoção Padroeira do Brasil”) é instituída pela Escola Mineira de Segurança Ltda. (EMS), com sede na cidade de Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais, na Av. Amazonas, 491, 17º e 18º andares, Centro, inscrita no CNPJ sob o n° 05.845.911/0001-33.
Esta promoção é dirigida a todas as pessoas que pretendem se matricular no curso de formação e extensão da EMS e tem o objetivo de incrementar a sua atividade comercial mediante oferecimento de preços promocionais para matrícula.

2 – DO PERÍODO DE VIGÊNCIA: Esta promoção terá início em 13/10/2017 às 08h00(horário de Brasília) e encerrar-se à no dia 13/10/2017 às 18h00. Dessa forma, será beneficiado pelo desconto promocional quem se matricular através da central de atendimento (CALL CENTER),  e efetivamente realizar o pagamento à vista do valor no Período de Vigência.
3 – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS:
3.1. Esta promoção se estende para todas as filiais da EMS;

Notícias

Comissão pode votar projeto que permite segurança privada em eventos esportivos

A segurança nos eventos esportivos, realizada hoje apenas por forças das polícias militares, pode passar a envolver também serviços de guardas privadas. É o que estabelece projeto (PLS 457/2016) que pode ser votado na Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização, Controle e Defesa do Consumidor (CTFC), na reunião de quarta-feira (27), às 9h.

O projeto, que altera o Estatuto do Torcedor (Lei 10.671/2003), é da Comissão Parlamentar de Inquérito do Futebol (CPI do Futebol), que funcionou no Senado até dezembro de 2016. O relatório aponta o fato de que o poder público não vem sendo capaz de garantir de modo integral a segurança dos torcedores nos estádios. De acordo com o texto, no lado externo a segurança continuará a cargo dos agentes públicos.

O proprietário ou administrador do estádio, seja entidade privada ou ente público, responderá solidariamente por danos materiais e imateriais que o torcedor vier a sofrer no interior do estádio,