Banner Site2

O que é segurança patrimonial e como ela atua?

Você já parou para pensar o que é segurança patrimonial? Qual o conceito de proteção que essas empresas entregam? Que tipo de dispositivos, técnicas e contingente são necessários?

A questão pode parecer complexa, mas, na verdade, é algo muito simples e normal ao nosso dia a dia. Porém, para aqueles que buscam formas de melhor proteger sua empresa, casa, escritório, condomínio etc., é muito importante que entenda bem essa questão antes de qualquer tipo de contratação.

O que é segurança patrimonial?

Podemos definir Segurança Patrimonial como um conjunto de práticas e medidas de proteção, capazes de criar um estado, em que o patrimônio do local esteja livre de danos, interferências e perturbações. Essas práticas têm a finalidade de poder garantir a integridade do patrimônio e a incolumidade física das pessoas.

Podemos considerar patrimônio todos os bens, poderios econômicos e a universalidade de direitos que se expressem de forma econômica ao seu proprietário.

Ao tratar de danos, falamos sobre perdas materiais, como incêndios, acidentes, roubos, furtos, e diversas outras ocorrências que sejam capazes de fornecer algum prejuízo material.

As interferências, de maneira geral, são relacionadas aos atos de sabotagem, espionagem, concorrência desleal e furtos de informações, ou seja, ocorrências que possam interferir no andamento dos negócios, causando prejuízos financeiros.

Já as perturbações são sempre relacionadas com situações que interrompem, ameaçam ou alteram as atividades do local, normalmente trazendo também prejuízos financeiros.

 

Quais os segmentos que compram segurança patrimonial?

Basicamente todo e qualquer segmento da indústria, comércio ou habitação pode contar com o auxílio dos serviços da Segurança Patrimonial.

De toda forma, as áreas que mais frequentemente buscam a contratação desse tipo de serviço são empresas com alto valor de produtos em suas sedes, empresas bancárias, empresas em áreas consideradas de risco, condomínios etc.

Para melhor entender se sua empresa ou condomínio também precisa da cobertura da segurança patrimonial, o melhor é entrar em contato com alguma prestadora desse tipo de serviço e solicitar uma avaliação da área.

Quando minha empresa precisa de segurança armada?

Uma vez realizada uma análise do local pelo gestor de segurança especializado e identificado a necessidade de vigilantes em sua empresa ou condomínio, o próximo passo é entender se a guarda precisa ou não ser armada.

Muitos pensam que a solução mais lógica é sempre contratar profissionais com posse de arma, porém, isso nem sempre é uma real necessidade. Nesse âmbito, muitos itens devem entrar em questão, como o que está sendo protegido, se isso causará mais tranquilidade ou não para seus funcionários, entre outras coisas.

Algumas questões básicas que você pode se perguntar antes de optar por um segurança armado é:

  • meu negócio está propenso a ser atacado?
  • as empresas vizinhas usam segurança armado?
  • como seus funcionários se sentem sobre armas de fogo e guardas armados?

Fonte: GlobalSeg
Leia mais: https://goo.gl/8krw2S

Comments are closed.