Banner Site

Escolas vão ter segurança armada na Paraíba após casos de violência

Algumas escolas da rede estadual de ensino de Campina Grande vão ter segurança particular armada até o fim do mês de abril. O governo estadual tomou essa decisão após recorrentes registros de casos de violência tanto dentro como no entorno das instituições. Segundo o diretor do Núcleo de Assistência de Gestão Escolar da 3º Gerência Regional de Educação, Murilo Florentino, o governo fez um levantamento e os casos acontecem sempre nas mesmas escolas.

A média de assaltos é de três por mês.saiba mais Escola suspende aulas após confusão entre torcidas organizadas na PB “A princípio se vai dar certo [a contratação de segurança privada] não se sabe, a gente vai torcer para que aconteça tudo bem.

Mas pelo nível de incidência de violência nessas escolas, a gente acha que isso pode resolver o problema. Pelo menos vai amenizar ao que se refere a assaltos”, disse Murilo Florentino. Ainda de acordo com o diretor, de sete a oito escolas vão receber os seguranças armados.

Murilo Florentino disse que se a medida dê resultados pode ser estendida para outras instituições estaduais. Uma das escolas que foi incluída no grupo das que vão ter segurança privada é a Escola Estadual Dom Hélder Câmara, que fica no bairro do Santa Rosa. As aulas foram suspensas no turno da noite após várias confusões entre alunos membros de torcidas organizadas do Treze Futebol Clube e do Campinense Clube.

Fonte:G1.com (Portal Globo)

Comments are closed.